quinta-feira, 15 de julho de 2010

PALAVRA DESGASTADA

Por volta de 2003, o Espírito do Senhor trouxe-me uma revelação um tanto chocante, mas absolutamente crível, se olharmos para o que vivemos, hoje, como Igreja.

O que o Senhor me disse é que a palavra Jesus estava desgastada. Não me disse que o nome de Jesus estava desgastado, o que poderia significar que perdeu a autoridade, o poder, a excelência. De maneira alguma. O Nome de Jesus é sobre todo nome que se possa nomear, no céu, na Terra ou no inferno. É o Nome que tem toda autoridade. É o Nome que tem curado, libertado, transformado vidas e ressuscitado mortos. Ao Nome de Jesus todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Ele é o Senhor! Cremos nisso.

O Espírito estava me despertando para entender que o uso que fazemos de algumas palavras tem gerado um desgaste a elas. Outras tantas tem sido usado sem temor de Deus. Além da palavra Jesus, posso citar inúmeras outras, como igreja, pastor, apóstolo, evangelho, culto, templo, fé, senhor, dentre outras.

Quero propor uma reflexão sobre  como a palavra Jesus pode estar desgastada em nosso meio e em nossa época. Já escrevi sobre isso e, após dar-lhe um tempo para refletir, escreverei novamente.

Se quiser, por favor, reflita e deixe seus comentários aqui.

Jackeline Sarah
15/07/2010

Nenhum comentário: