segunda-feira, 10 de maio de 2010

ESTOU MESMO DISPOSTA A MORRER?

Estive pensando se estaria mesmo disposta a morrer por Aquilo em que acredito...

Afirmei em um post anterior que o que Jesus diz é importante para mim. E, realmente, é. Mas, até que ponto?

  • E se, por uma destas afirmações, soar a campainha em minha casa ao amanhecer e algumas pessoas me levarem para um interrogatório sobre o que creio?
  • E se, em nossa reunião semanal, chegarem agentes que exijam que paremos de nos reunir no Nome de Jesus?
  • E se, na rua, alguém me reconhecer como discípula de Cristo e começar a me apedrejar?
  • E se eu fosse condenada à morte por não abrir mão de algo que o Senhor disse e é importante para mim?
  • E se a perseguição se mostrar contra meus filhos?
  • E se a perseguição se mostrar contra meus filhos?
  • E se a perseguição se mostrar contra meus filhos?

Como reagiria?

Ainda não sofremos este tipo de perseguição no Brasil. Mas, parece-me que não tarda o tempo em que a pressão sobre aqueles que decidirem que não vão contextualizar sua fé em Cristo... vai crescer e gerar muitas dificuldades. Ao ponto em que alguns de nós desistirão de sua fé... ai, ai, ai de mim!

Que o Senhor nos dê Graça para compreendermos que o discípulo não é maior que o Mestre e, certamente, será perseguido ao se manter do lado da Verdade, que não pode ser relativizada... Que as perseguições disfarçadas ou descaradas sejam enfrentadas sob a orientação do Espírito de Jesus, para que o Senhor seja glorificado nelas e o Reino de Deus continue a crescer! Que o Senhor nos livre de esmorecer e nos faça perseverar n'Ele, até o fim!

Que possamos morrer por Jesus, quando for preciso. E decidamos viver por Ele, todos dias, a partir do agora.

Pessoalmente, é o que quero. (Ajuda-me, Senhor, nesta decisão!)

Seja assim.

Jackeline Sarah
05/05/10

Nenhum comentário: