domingo, 28 de março de 2010

MOMENTOS GRACIOSOS

Com o tema: "Deus da Paz, santifica-nos!", a 19a. edição das 24 h de adoração aconteceu nos dias 26 e 27/02/10, na AD Vila Guiomar. Como equipe missionária, fomos recebidos com grande carinho e atenção pela família pastoral e os amados irmãos e, por eles, somos gratos ao Pai.

Alguns dos irmãos estiveram conosco durante quase 24 horas, houve até quem nem dormisse. Os turnos foram especiais e muito reveladores. Tivemos alguns ministérios ministrando pela primeira vez e já pedimos ao Senhor que venham sempre. Houve turnos calmos e turnos muito intensos, mas a Presença do Senhor Se fez sentir, habitando ali, em meio à adoração dos filhos.

Há muita gratidão em nossos corações, pelo que o Senhor mostrou a nós nestas 24 horas. A verdade de que o Pai ouve a música de dentro do coração dos adoradores, dos filhos sinceros, que O adoram em espírito e em verdade; a visão que tivemos do cordel de medir, como se o Senhor estivesse nos chamando para ir para as águas mais profundas dEle mesmo (e está!); a visão da Presença do Senhor em forma de uma grande asa a nos cobrir; as curas que houve enquanto adorávamos e intercedíamos; o quebrantamento; a ênfase dada a alguns aspectos, através da repetição de canções, turno após turno, sem nada combinado; o convite ao posicionamento; filhos chorando, filhos abraçando o Pai, filhos prostrados, filhos pulando e dançando... ah... o Senhor merece ainda mais!

O Senhor renovou a Palavra profética que tem estado sobre o Compromisso Kandeya, baseada no chamado de Ezequiel e Jeremias. E chamou todos a uma intimidade maior com Ele, para que a Sua Santidade Se reflita em nós.

Os últimos turnos da edição foram particularmente especiais. O Pr. Carlos Abrahão não esteve presente durante muitos turnos desta edição, mas, durante os turnos finais, ministrou ao Senhor retornando aos pontos tocados durante as demais vinte duas horas, oq eu nos mostra a direção do Espírito naquilo que temos feito para o Senhor.

Os minutos finais foram especialmente graciosos. Todos deixamos os microfones e, ao som do teclado, o Senhor foi adorado pela Sua Noiva, espontaneamente. As vozes misturadas resultaram num canto belo ao Amado Noivo e culminaram num clamor, como não poderia deixar de ser, pela volta do Amado.

Que bom. Graças ao Pai. Que o Senhor nos apaixone cada vez por Jesus e Ele seja adorado, na vida dos Seus filhos, 24 h, todo dia, todo dia, todo dia!

Seja assim.

Jackeline Sarah
28/03/2010


Nenhum comentário: