sábado, 27 de março de 2010

CHUVA, CHUVA, CHUVA!

Embora a madrugada esteja no meio, não há sono por aqui. Os adoradores insistem em tocar bateria, mesmo que baixinho, teclado, bem baixinho, violão.

E as vozes não se calam em cantar o amor ao Senhor, o desejo de DEPENDER dEle em tudo, a sede de que Ele mesmo chova sobre nós...

Chuva de alegria, inunda nossas almas, chuva de avivamento, faz chover, Senhor, sobre esta geração! Chuva, chuva, chuva!

Esta tem sido nossa canção nos últimos tempos . Queremos nos molhar nesta chuva!

Resumo do 9o. turno da 19a. edição das 24 h em Ribeirão Preto
27-03-10, 02:56 h
Jackeline Sarah

Nenhum comentário: