sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Não temas número 1

"Depois destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão." Gênesis 15:1

Temos ouvido dizer que a expressão "Não temas!" aparece 365 vezes na Bíblia, para que tenhamos um "Não temas!" para cada dia do ano. Vamos tentar perseguir isto? Porque os dias maus se aproximam e é preciso que nos mantenhamos CONFIANDO, CRENDO e ESPERANDO no Pai, dentro de quem estamos, juntamente com Jesus.

A Abrão o Senhor disse: Não temas, Eu Sou o Teu escudo, o Teu grandíssimo galardão.

Naquela época, já Abrão havia ouvido a voz de Deus e se posto a caminho e o Senhor já lhe fizera a promessa de dar aquela terra à sua incontável descendência... Ele estava vindo de uma batalha travada com os reis que atacaram Sodoma e Gomorra; já havia encontrado Melquisedeque e, também, já se recusara a ser enriquecido pelos reis que lhe eram gratos pela libertação.

Temos que nos lembrar de que Abrão tinha somente o chamado e a promessa da Voz de Deus. E que estava aprendendo a ser amigo de Deus, caminhando cada dia com Ele, pela fé. E, crendo, dava prazer ao Pai, que o queria sempre mais abençoar e preparar para ser o pai de muitas nações. Embora nenhuma circunstância se mostrasse favorável a ele e ao cumprimento a promessa de Deus...

Foi nesse ponto que o Senhor lhe entregou esta promessa/revelação: Não temas porque Eu Sou a Tua recompensa.

Para mim, todas as promessas poderiam parar aqui. Nada mais precisaria o Pai dizer. Estava garantido que Ele mesmo defenderia Abrão de todos os inimigos que se levantavam ao seu redor e dentro dele; estava garantido que a recompensa que Abrão teria por crer e se entregar era o próprio Deus, Criador e Mantenedor de todas as coisas.

Em algumas traduções, este versículo perde a grandeza da revelação, quando se apresenta assim: Não temas, porque terás uma grande recompensa. No entanto, a recompensa a que Deus se refere não são coisas criadas, mas o próprio Criador. Sim, o que o Senhor disse foi que Ele mesmo seria a grande recompensa de Abrão! Assim, Abrão podia caminhar seguro, pois tinha quem o defendesse e, com certeza, alcançaria o alvo de sua caminhada: o próprio Deus.

Esta é uma verdade que eu e Você devemos apreender, hoje. O propósito de Deus para nossas vidas é que voltemos para Ele em Jesus e possamos Lhe dar prazer, como Jesus dá. Uma vez salvos, pela Graça de Deus, mediante a fé em Jesus, podemos caminhar nEle, com a segurança de que Ele mesmo é nosso escudo, nossa caverna, nossa rocha segura, já que vivemos dentro dEle (que os olhos do seu entendimento se abram para esta realidade!). Viver dentro dEle significa, também, caminhar por onde Ele caminha, significa CORRESPONDER com o Seu Espírito, que vive dentro de nós, significa ter que deixar nossa vontade para trás, para OBEDECER À VONTADE DELE, 24 h, todo dia.

É por isso que o Pai vem dizer que VAI VALER A PENA tudo isso. Porque no final, cumpriremos o propósito da nossa existência: seremos a recompensa dEle e Ele será a grandíssima recompensa de cada um de nós.

Que possamos NÃO TEMER, enquanto caminhamos, e confiar que, haja o que houver, se com Ele andarmos, viveremos nEle e chegaremos a Ele no final, sim, a Deus, que é a nossa grandíssima recompensa!!!

Seja assim.

Jackeline Sarah
01/01/2010

Nenhum comentário: