quinta-feira, 16 de abril de 2009

O CAIR DA GRAÇA E A GRAÇA BARATA

Olá, amigo e irmão em Cristo!

Como vai? Debaixo da graça? 

- Sim?!? 

Então, devo entender que Você não vive mais (Gl 2:20) e que Você não está com uma conversinha fiada sobre sua humanidade. Não que Você deixou de ser humano, mas quero dizer com isso que Você não é mais dominado pelos impulsos e desejos, direitos e afins, entende? 

Vou explicar melhor: 
O Homem, sem a Graça de Deus, é senhor de sua própria vida, do seu tempo, das suas escolhas. Seu deus é o ventre, como disse Paulo, e isso quer dizer que seu deus são seus desejos, suas vontades. 

Ontem, à tarde, fui chamado, em casa, pra socorrer um casal, que mora perto de minha casa. Um rapaz gritou meu nome no portão e disse que uma mulher estava pedindo que eu fosse correndo na casa dela, orar por seu esposo. Chegando lá, encontrei o homem caído, com o rosto no chão. Chamei-o pelo nome e a resposta foi um grunido, como um leão. Ele se levantou de uma vez, já me fazendo perguntas, me ameaçando, dizendo que me conhecia e eu lhe disse que sim, ele me conhecia, sim; ele disse que o rapaz era dele e que iria matá-lo. Enfim, pela autoridade do nome de Jesus, ele foi repreendido, o rapaz se levantou e o sentamos no sofá e pude conversar um pouco com ele e conhecê-lo. 

Dos 15 aos 17 anos, pregava, evangelizava, amava Jesus, temia e fazia isso com prazer e alegria, sem peso. Mas, uma decepção sentimental o entristeceu, culpou Jesus e se afastou dEle. Foi viver o homem e seus direitos. Caiu da graça, até ontem, quando ficou surpreendido com o que lhe aconteceu e voltou para o caminho estreito... ele, que já expulsou demônios quando caminhava no caminho estreito e, com certeza, não esperava que um dia acontecesse com ele. 

Assim é o homem sem “Graça”. Tanto o que não a experimentou, como o que já a experimentou. E este ultimo é pior, pois já não é um “sem Graça”, mas um “DESGRAÇADO”. Este era o estado deste homem citado acima. 

Desgraçado significa: PERDEU A GRAÇA, DESFAVOR, DESVENTURADO, DESDITO,... Este foi o quadro de pessoas como Lúcifer, Esaú, Saul, Judas, Himeneu e Fileto, Alexandre, o latoeiro, só pra citar alguns que foram abundantemente agraciados por Deus, mas rejeitaram a Graça de Deus por suas escolhas, suas vontades e suas vidas. 

Hoje, tem-se falado e cantado muito sobre a Graça de Deus e isso é excelente. Porém, na prática, não vemos esta Graça moldando, conduzindo, mudando, ensinando, disciplinando, ensinando o temor do Senhor, gerando as características de Jesus na grande maioria, purificando um povo para Si, um povo exclusivo Seu e zeloso de boas obras, conforme está em Tito 2:11-16. Não! A Graça que alguns estão vivendo permite o divorcio, o adultério, a sonegação, o uso de preservativos, a fofoca, o estrelato (2 Tm 3:1-9). A Graça de alguns não mexe com eles gerando a mesma expectativa que o Senhor da Graça tem com relação à Sua igreja, esperando que Seus filhos despertem, sejam sensíveis a Ele e se manifestem, trazendo restauração (Rm 8:19). 

A Graça de alguns é uma graça barata, que não custou nada para o Senhor e, portanto, eles não tem que fazer nada, nenhum preço a ser pago, não é preciso nenhum esforço, tudo depende de Deus. E sendo assim, ELE SERÁ INJUSTO SE DISSER PRA QUALQUER PESSOA: APARTA-TE DE MIM, POIS NÃO TE CONHEÇO! VÁ PARA O FOGO ETERNO! 

Não, Deus não poderá dizer isso, dirão alguns, pois tudo dependia dEle e, se errei, se erramos, a culpa é dEle, pois dependia dEle... Não venço este pecado, pois Deus ainda não me deu Graça ou a Graça ainda não me moveu... Deus ainda não me tocou nisso... Foi Ele que deixou. Foi vontade permissiva de Deus não é??? 

A graça de alguns não comove, não os deixa ou os faz sentir a dor do Pai pelo pecador, não gera o desejo de ver o pecador se arrepender.  

É QUE EU NÃO TENHO O DOM OU MINISTÉRIO DE EVANGELISMO, ENTENDE? EU NÃO SOU UM PESCADOR DE HOMENS...  justificam-se outros. 

Vivem sua vida como querem. Mas, na hora de aparecer, estão lá. Só estão disponíveis naquilo que lhes interessa, são insubmissos. O Homem que nunca provou é muito mais agradável a Deus do que aquele que provou a Graça e continua vivendo para si mesmo. 

Ser sem Graça ou ser desgraçado. 
Graça barata ou cair da Graça. 
Ignorante por não conhecer ou ser apóstata.

O homem que conhece e honra o Senhor da Graça vive ocupado e buscando as coisas do alto (Cl 3:1-2), ele mesmo desenvolve sua salvação (Fp 2:12); é incansável e não perde tempo consigo mesmo (2 Co 4:1-18. 5:1-21. 6:1-10). Paulo, o apóstolo da Graça foi zeloso, guerreiro, incansável e advertiu e inspirou seus filhos na fé a serem o mesmo, a não perderem tempo com este mundo. Ele não estava com os discípulos quando Jesus disse...... ENSINANDO-OS A GUARDAR TUDO O QUE VOS TENHO ENSINADO... Mas, ele mesmo disse..... EU RECEBI DO SENHOR O QUE, TAMBÉM, VOS ENSINEI.... 

Quem entende a Graça de Deus sabe que não está trabalhando pra seu próprio ministério, mas NO ministério de Jesus e, por isso, teme. Porem, se é pro SEU próprio ministério, é natural que o ativismo, o perfeccionismo, a omissão, conivências, disputas, desconfianças, medos, os boicotes façam não só parte dele, mas que o conduzam, também. Neste, o padrão e o nível do Reino de Deus é sempre negociado, a Graça é barata. A única coisa que realmente tem valor é Você mesmo. 

No ministério de Jesus, a Graça permeia tudo. Quem anda neste ministério, anda com Jesus nos milagres, no sobrenatural, na unção, na benção, mas também no suor, na renúncia, no altruísmo, no Getsemani, no calvário, no abandono. 

Jesus é a Graça de Deus. 

O rapaz que citei acima olhou pra si. Acabou caindo da Graça. Hoje, muitos e muitos estão caídos da Graça, mas, tocando a Noiva, ministrando, como se fossem cheios da Graça. Termino fazendo a pergunta do início: 

COMO VAI? DEBAIXO DA GRAÇA? 

Rogério S. Lima
comunidade cristã em Presidente Prudente/SP
rogerio_rosiane@compromissokandeya.com
Postado, originalmente, em 16/04/09

Nenhum comentário: