quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Isso é Vida!!! Não Testemunho!

"O Espírito de Deus está aqui."

Que coisa linda... O Espírito está aqui, comigo, toda hora, todo dia! Operando no meu coração... OPERANDO!!! Trazendo sua vida e poder... Ele está trazendo, eu não fui buscar, a Sua vida e poder; ministrando Sua Graça e Amor; e o melhor: tudo isso está acontecendo porque Ele me ama e pela Sua graça, pelo Seu favor.

O Pai tem falado comigo. Ele faz coisas comigo que ninguém consegue fazer! O Pai consegue me cobrar coisas, sem eu me sentir cobrado, pesado. Consegue, por causa desse Amor imenso que Ele exala, consegue tocar lá no fundo de mim, apesar de tantas decantações impuras, e me faz entender que eu sou assim; Ele consegue me constranger, sem me ridicularizar. Parece irracional??? Rsrsrs, pra mim não é! Porém, eu concordo que sou suspeito.

O Pai tem me ministrado um pouco mais do verdadeiro Amor, tem me ensinado um pouco mais do que Ele (o Amor) é, de verdade; estou percebendo que não amo bulhufas, que falta muita coisa pra eu andar ainda!

O Pai tem me chamado para arrancar a minha máscara de falso amor; Ele tem me mostrado que eu não sou melhor do que NINGUÉM, até mesmo quando tenho certeza de que estou "niveis acima dos outros", eu não estou nada, porque, além do mais, quanto mais avançado em Deus estou, não vou prá cima, vou para baixo, para dentro, para o avesso; não para cima!

A pior máscara não é aquela que se põe em casa e se tira nos lugares; é aquela que se põe nos lugares e se tira em casa! Precisamos consertar (amar mais) nossa casa. Eita coisa dificil! Eu sei!
A nossa coerência se inicia aqui, ao acordar, ao amar as pessoas que não são fáceis de se amar (não que nossos familiares sejam más pessoas, mas todos conhecemos os fatores da convivência). Imagino que não foi fácil para Jesus lidar com os doze encrenqueiros, nao é?

A nossa coerência se refere ao nosso amor

...e ouvido foi que: amar aos que são faceis de amar, de muito não vale; mas amar aqueles que precisam de decisão, de "quebramento" do orgulho, de pensar no próximo antes de si mesmo... isso sim começa a ser amor!

Quando entendermos, vivermos e correspondermos a esse Amor...

Os feridos de alma, nas emoções, aqueles que a carne
tem puxado a alma mais que o espírito, esses serão curados;
os cativos, na prisão das religiões, nas suas próprias prisões,
e oprimidos pelas certezas de outros e, depois, pelas suas próprias,
não mais precisarão dessas coisas, mas viverão LIVRES, com o foco só em Jesus!

Os enfermos e doentes serão sarados pelo agir
do Espírito Santo através de Seus filhos
coerentes e justos em Jesus.

Porque, pra valer, o Espírito de Deus está aqui!

Cotoxão (Anderson Arthur)
cotoxao@compromissokandeya.com
Direitos reservados, viu, Giordano? (to brincanu. XD)
Postado, originalmente, em 10/12/08.

2 comentários:
Jackeline Sarah disse...

"Leva-me a Ti, Jesus, a um lugar mais profundo em Ti..."

É isso mesmo, Cotoxão.

Quando nos lançamos em Jesus, saltamos para dentro dEle. Quando entramos em Jesus, mergulhamos nEle. Quando somos submersos por Ele, subimos nEle, a lugares mais profundos do que antes tínhamos ido.

Nunca mais altos ou maiores que ninguém... mas, sempre que nos lançarmos, entrarmos e ficarmos submersos nEle, um pouco mais profundo que da última vez, como Ele quiser.

Isso pode nos promover a um nível mais alto no relacionamento com o Amado e na nossa experiência no Reino. Na nossa. Não na dos outros filhos. 

Comparado com o que tínhamos, estamos acima. Comparado com os outros, estamos todos no mesmo Rio...

É isso mesmo!

----------------------

Amém. Que bom que o Espírito de Deus está aqui... é Ele quem gera e faz crescer o fruto do Espírito em nós!
Jackeline Sarah
jackelinesarah@compromissokandeya.com

Um comentário:

Jackeline Sarah disse...

"Leva-me a Ti, Jesus, a um lugar mais profundo em Ti..."

É isso mesmo, Cotoxão.

Quando nos lançamos em Jesus, saltamos para dentro dEle. Quando entramos em Jesus, mergulhamos nEle. Quando somos submersos por Ele, subimos nEle, a lugares mais profundos do que antes tínhamos ido.

Nunca mais altos ou maiores que ninguém... mas, sempre que nos lançarmos, entrarmos e ficarmos submersos nEle, um pouco mais profundo que da última vez, como Ele quiser.

Isso pode nos promover a um nível mais alto no relacionamento com o Amado e na nossa experiência no Reino. Na nossa. Não na dos outros filhos.

Comparado com o que tínhamos, estamos acima. Comparado com os outros, estamos todos no mesmo Rio...

É isso mesmo!