quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

LEVE E SUAVE

Quando Jesus chamou a Si os que estavam cansados e sobrecarregados, mencionou que os aliviaria das cargas que os afligiam e impediam seu caminhar e que as trocaria por um outro peso; mencionou que os livraria de um jugo aprisionador, que impedia seu caminhar, e que o trocaria por um outro jugo. Você já havia notado isso?

É claro que as pessoas que carregam sobre si cargas pesadas, diminuem o passo na caminhada; é claro que, se além das pesadas cargas, estiverem atadas por um jugo, ficarão paralisadas. Também me parece claro que, se Jesus quisesse, poderia dizer:

Venham a Mim e eu retirarei as suas cargas e removerei o seu jugo e, assim, sem carga nenhuma e sem jugo nenhum, vocês poderão fazer o que quiserem, ir para onde quiserem, sem aprender de ninguém...

Poder para isso, Ele tem, pois é Deus. Mas, esta não foi Sua proposta, graças a Deus! Jesus disse que aqueles que viessem a Ele deveriam aprender dEle. Disse que trocaria suas cargas e jugo por algo mais leve e suave. Não os deixou livres para fazerem o que quisessem, nem para irem para onde bem entendessem.

Ele os liberou do peso e da prisão, para que pudessem caminhar livres no Caminho de volta para o Pai.

Pois era isso que o jugo e as cargas impediam! Agora, aprendendo dEle que Ele mesmo é o Único Caminho de volta para o Pai, poderiam caminhar...

  • Seu jugo, nEle, seria suave, pois poderiam entrar e sair e, ainda, assim achariam pastagem nEle;
  • não poderiam mudar seu destino, de chegar a Ele, mas poderiam mover-se livremente, dentro do Caminho;
  • seu fardo, nEle, seria mais leve, pois aprendendo dEle, teriam que carregar AMOR a Deus e aos Homens e GRATIDÃO ao Pai pela Sua Graça;
  • não precisariam, nem poderiam, carregar culpa, condenação e pecado, tanto quanto não poderiam, nem deveriam, carregar auto-justificação e pretensos méritos para chegar ao Pai...
Jugo suave, fardo leve.


Como é difícil para o ser humano aceitar isso! Quantas malas fazemos, cheias de imposições, cobranças, doutrinas e regras, como se fossem essenciais no Caminho da Vida! Quantas correntes de NÃO POSSO, NÃO DEVO, TENHO QUE PARECER (MESMO QUE NÃO SEJA)... atamos e deixamos atar aos nossos pés, mãos e pescoço, como se fossem o segredo que Deus não pode ver! Não é à toa que estamos paralisados na caminhada. Não é por coincidência que mais parece que caminhamos para a morte!

Filhos do meu povo, vamos ouvir a Jesus!
O tempo que temos está passando e a eternidade já está querendo invadir nossa história. E que seja logo! Que venha o Amado nas nuvens, como Cordeiro que foi morto, mas venceu e, hoje, reina como O Leão!

Repito o que já escrevi aqui no site: se está pesado, não foi Jesus quem lhe deu este peso; se está sobrecarregado, não foi Jesus quem o fez ficar assim...

  • ... Porque se o fardo leve a levar é o AMOR, não é pesado, porque Ele mesmo é o AMOR e Ele disse: aprendei de mim! Não sabemos amar, mas enquanto caminhamos nELe, aprendemos dEle e é o AMOR dEle que vai Se manifestar em nós, porque estamos dentro dEle e Ele dentro de nós!
  • ... Porque se o jugo suave é sermos livres apenas para voltar para Ele, não sobrecarrega, pois para isso é que fomos feitos, para voltar para Ele e, reunidos nEle, darmos prazer ao Pai, que, nEle, tem muitos filhos! Suave, sim, porque não teremos que remar contra a maré, mas o Rio que vem dEle, cujas águas são dEle e correm para Ele, há de levar-nos para lá!

É mais comum que Você me ouça, dizendo (ou me leia, escrevendo) que meu coração canta para Deus. Mas, hoje, posso ouvir o coração de Deus cantando, para mim e para todos os filhos:

DESCANSO! VENHAM A MIM PRA DESCANSAR!
FARDO LEVE, JUGO SUAVE E EU MESMO A ENSINAR!!!

Ah, Jesus, não quero outra coisa na vida! Ajuda-me a ser simples assim!

Amém.

Jackeline Sarah
jackelinesarah@compromissokandeya.com
Postado, originalmente, em 04/12/08

Nenhum comentário: