sexta-feira, 15 de maio de 2009

50 - AQUI SE FEZ JUSTIÇA

E foi assim que a maior injustiça da História da Humanidade fez a Justiça de Deus acontecer a nosso favor...

Quando Jesus, em agonia, falava com o Pai e suava gotas de sangue, tamanha era Sua dor emocional... os anjos, que vieram consolá-lO, certamente, diziam ao Pai: não é justo!!!


Quando Jesus foi entregue por trinta moedas e o beijo do amigo O identificou aos soldados, o Jardim ao redor, certamente, chorava: não é justo!!!


Quando Jesus foi acusado e insultado pelos do Seu povo e pelas testemunhas forjadas para incriminá-lO, com certeza, as paredes daquele lugar gritaram: não é justo!!!


Quando todos os Seus amigos O abandonaram, deixando-O ao bel prazer dos seus inimigos, os pássaros que voavam por ali devem ter cantado: não é justo!!!


Quando Pedro negou a Jesus e encontrou Seu olhar de amor como resposta, o ar que os envolvia certamente se agitou, querendo dizer: não é justo!!!


Quando o Senhor foi interrogado, julgado e açoitado, quando foi cuspido e ultrajado, quando Sua pele foi rasgada, os próprios cravos dos escorpiões que O cortavam deviam estar lamentando: não é justo!!!


Quando, andando nas ruas, rumo ao Calvário, Jesus caiu, exaurido em Suas forças, as pedras do Caminho devem ter protestado: não, não é justo o que fazem com Ele!!!


Pois Ele amou e cuidou e ensinou; Ele gerou vida onde havia morte e abraçou aqueles de quem ninguém mais ousava se aproximar; Ele perdoou e ensinou o perdão; Ele sorriu e chorou, irou-Se e estremeceu de alegria... Ele deu pão e deu Palavra... Viveu como Homem Santo e Perfeito... Penso que toda a criação ao Seu redor, certamente, clamava: não, não é justo...!!!!


Quando, na cruz, Jesus foi Graça e Vida para o ladrão, os anjos devem ter dito ao Pai: Senhor, olhe pra Ele... não é justo que sofra assim!


Mas o Pai não quis olhar para Ele e virou-Lhe o rosto, porque sobre Ele estavam os pecados de todos os Homens. O Pai considerou Seu Sacrifício justo desde antes da fundação do mundo, quando o Cordeiro foi imolado para que os nossos nomes pudessem ser escritos em Seu Livro da Vida... E continuou achando justo, mesmo que a natureza tenha protestado em escuridão, mesmo que o Seu Filho Amado que Lhe dá prazer tenha gritado: "Pai, por que o Senhor me abandonou? (Marcos 15:34)". Mesmo assim, o Pai deixou que Jesus executasse toda a Justiça a nosso favor... e O ouviu dizer: "está consumado... fiz o que tinha que fazer!!! (João 19:30)"


E a cruz, que, hoje, está vazia, se ergue firme na história, dizendo a todos que a contemplam, pela Graça de Deus; sim, ela segue gritando a quem tiver ouvidos para ouvir: AQUI SE FEZ JUSTIÇA A FAVOR DE TODOS OS HOMENS... de um modo terrível e loucamente apaixonado que só podia ter sido pensado e consumado pelo próprio Deus...


Eu fico sem palavras.


E Você?


Oh, vem...

Jackeline Sarah

Postado, originalmente, em 29/02/08.

Nenhum comentário: