quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

09 - QUANDO SERÁ?


(...)

Percebo que o Pai merece que meu coração seja totalmente dEle. Sem nenhum interesse próprio, a não ser a vontade dEle. Sem nenhum plano específico, que não tenha sido dado por Ele. Sem nenhum sonho, a não ser os que nasceram no coração dEle. Sem divisões, sem olhares-para-trás, sem murmurações.

(...)


Leia mais em: Quando será?

Nenhum comentário: