terça-feira, 28 de outubro de 2008

COMO SOU NESTE REINO

Continuando nossa reflexão sobre os primeiros versículos de Isaías 32, temos os versículos 3 a 5, que dizem que, no Reino do Rei com Justiça,...

Os olhos dos que vêem não olharão para trás e os ouvidos dos que ouvem estarão atentos.
O coração dos imprudentes saberá compreender e a língua dos gagos falará pronta e distintamente.
Ao louco nunca mais se chamará nobre e do fraudulento jamais se dirá que é magnânimo.

Você percebe que, realmente, não agrada ao Senhor que fiquemos olhando para trás, seja por saudades das cebolas e pepinos do Egito que deixamos; seja para acompanhar o deslocamento da carga que fazemos questão de arrastar, embora Jesus tenha nos fornecído a troca do fardo pesado por algo leve e suave, na caminhada com Ele...; seja porque achamos que as lembranças que consideramos boas nunca podem fazer mal; seja porque queremos saber como ficaram as coisas sem nós lá atrás, mostrando que acreditamos que não poderíamos viver sem tudo aquilo, então, comoé possível que tudo continue a existir sem nós?

Olhar para trás faz com que desviemos os olhos daquilo que realmente importa: o nosso alvo, na vida e na caminhada de filhos de Deus. Tudo em nós agora, que somos de Jesus, deve se concentrar em seguí-lO e desejar alcançar o alvo qeu nos propôs, de ficarmos parecidos com Ele. É por isso que o Espírito Santo mora dentro de nós para nos transformar em belos e santos templos para Sua morada, em filhos que agradam ao Papai, como Jesus. Ora, cada vez que nos detemos e olhamos para trás, não só desviamos, como atrasamos nossa caminhada para a frente, rumo ao nosso Alvo.

E o que pode justificar isso?

leia mais em: COMO SOU NESTE REINO.

Nenhum comentário: